homem de bem

by impuro, sopro inverso

/
  •  

about

single parte do ep saint seiya (08/12/2014)

lyrics

(sopro inverso)
Pra te confundir...
Eu saio tipo gay do armário
Só que, veja bem, ao contrário, não me assumo retraio
Mas vem, te conto, te dou um nó no ponto

desde a pré adolescência pratico a indulgencia (falsa)
o que importa é minha aparência (falsa)
foda-se a sua essência, te fodo na "menisquência"
E você vai sorrir...

Desde o Jd. do Éden as regras nos perseguem
E antes que nos ceguem com toda essa pobreza
Homens de bem regurgitando a sã certeza
Usam a besta e o deus que pune pra manter farta sua mesa

Nível de realeza, seu corpo é seu templo
Tudo em nome da igreja em todo momento
Na rua uma dama, uma puta na cama, cobra que engana não brisa na minha
Seu marido cuidando da grana e meio dia almoçando a novinha

(impuro)
Porque que cê quer tanto parecer assim “homem de bem”?
O que cê tem pra esconder de mim?

Quem não tem nada a temer não releva os maliciosos
Quanto mais “bonzinhos”, mais maldosos
Dizem que se eu falo do mau do mundo, o trago no coração
Perdão amigo, no momento, não.

A bíblia que inspira a sabedoria, inspira contradição
Eu sigo no meu caminho, descalço com os pés no chão
Sim, quase sempre sozinho, bem perto da solidão
Buscado plenitude na terra do mensalão.

Onde o doente analisa, e o sábio não luta
Mentira humilha o povo que refuta
Só conta sua aparência aqui, foda-se sua conduta
Lamento até dizer pra quem me escuta

Nem todos adormecem enquanto o mundo executa
Sua história, desde a mordida na fruta.
Que siga encenação diária de cada filho da puta
Minha postura vai se manter bruta

Porque que cê quer tanto parecer assim “homem de bem”?
O que cê tem pra esconder de mim?

credits

released 13 November 2014
música/produção/capa/mix/master: impuro.
desenho: heavy and traditional.
letra: impuro/sopro inverso.

tags

license

all rights reserved

feeds

feed for this artist